segunda-feira, agosto 16, 2004

Sinais de trânsito - Embelezadores de estrada? Condutores - o que fazer?


acidentes Posted by Hello
À quantidade de acidentes e mortes que se verificam nas nossas estradas, cada vez mais chego à conclusão que as pessoas só conhecem os sinais que têm no corpo, porque os do código de estrada poucos ou nenhuns... vejamos:
Civismo - utópico, existe em determinadas ocasiões tipo Euro 2004 ou vitória do clube da cidade local (aulas de civismo na escola de condução deveriam ser leccionadas)
Moderação - enganosa, cada vez mais não se conduz de modo defensivo (vejam quando surgem as 1ªs chuvas)
Autoridades competentes - também não podem estar em todo o lado, mas mesmo assim são ameaçadas por muitos condutores, quando mandados parar por estarem em infração
Sistema judical - não actua em conformidade nem em rapidez, executa tudo à velocidade deste país (devagar quase parado - exceptuando os infractores).

Se todos fossem penalizados de modo rápido, nas estradas o ritmo nunca seria tao frenético, e assim... só assim as pessoas começavam a fazer o PPA (Pensar, Prever, Agir) antes de não pararem numa passadeira, de não pararem num STOP, de andarem em contra-mão ou excedendo em larga escala os limites de velocidade impostos por um sistema(s) que não funciona(m).

3 Comments:

Blogger Plimstar (Carlos Filipe) said...

Pois é! Às vezes só apetece mesmo é dizer: Trânsito, não obrigado!! Sinais - significam meros obstáculos a vencer durante o código, porque depois deste ultrapassado, tudo importa esquecer para parecer como os outros "grandes" condutores!
Mas é curioso observar como se transforma o homem no comando de um veículo motorizado... a sensação de poder, de superioridade, de grandeza que, tantas vezes "cá fora" se torna impossível de sentir! A pressa constante... a necessidade de chegar primeiro que o parceiro ao semáforo seguinte que por acaso até se apressenta a cor vermelha!! O exibicionismo, a força da máquina que tenho nas mãos, que se transfere para mim e que faz milagres... e não é que faz mesmo!!! Um deles é roubar a vida num só instante... e não falo apenas no falecimento, porque tirar a vida não é necessariamente falar em morte. Pensem nisto mais uma vez, mas mudem a vossa atitude! No volante ou fora dele descubram o civísmo, porque até os peões precisam dele!!! Aceitam o desafio?! Ou nem por isso...

3:11 da tarde  
Blogger Del Giorgio said...

Pensei q gostasses mais de sinais apagados de sentido proibido, com piças desenhadas, mas se calhar foi só impressão minha...

10:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Realmente é preciso fazer alguma coisa para começar a interromper a loucura que se vive hoje em dia nas nossas estradas, mas infelizmente as nossas autoridades apenas sabem fazer o trabalho que lhes é mais comodo, como ir para autoestradas e andar atrás do pessoal que circula a uns miseros 150 km/h ou menos e tirar a fotografia e a seguir com um sorriso nos lábios e com uma cara de dever cumprido entregar a factura ao infractor que na optica dos nossos agentes define-se como muito perigoso por circular com algum excesso de velocidade na autoestrada; Entretanto dentro das cidades e fora das localidades cometem-se verdadeiros crimes como circular fora de mão, desrespeitar stops, atravessar sinais luminosos vermelhos, enfim muitas mais infracções que a meu ver são muito mais graves. Por isso ou as nossas autoridades deixam de ser ironicas e falsas nas suas verdadeiras intenções ou infelizmente vamos continuar a ver esta guerra durante muitos mais anos!!!!!!
NMC ( tá beriado! )

10:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home